A partir da troca de informações, polícias Militar e Rodoviária Federal abordam carreta que transportava mais de 400 quilos da droga. Em visita ao município, governador fez questão de cumprimentar agentes. “Nós temos os melhores profissionais do país”, disse

 

Foto: Cristiano Borges
Legenda:
O governador Ronaldo Caiado agradece policiais que realizaram, na tarde desta quarta-feira (19/05), em Itumbiara, uma das maiores apreensões de pasta base de cocaína em rodovias federais que cortam Goiás

Uma ação realizada em parceria entre a Polícia Militar do Estado de Goiás (PM-GO) e a Polícia Rodoviária Federal de Goiás (PRF-GO) resultou na apreensão de mais de 400 quilos de cocaína, na tarde desta quarta-feira (19/05), em Itumbiara. A carga está avaliada em aproximadamente R$ 25 milhões.

As informações de um veículo de cargas suspeito foram compartilhadas pela PRF de Mato Grosso. Em seguida, as forças de segurança de Goiás iniciaram a checagem, que ocorreu na BR-153. Durante a abordagem foi descoberto um fundo falso, onde a droga estava escondida.

Presente no município para a autorização de obras, o governador Ronaldo Caiado fez questão de ir ao local e parabenizar os envolvidos na operação. “Nós temos os melhores profissionais do país. Nosso muito obrigado e a gratidão do governador em nome do povo goiano”, disse.

Segundo o comandante do 6º Comando Regional (CRPM), coronel Ricardo Mendes, esta é a maior carga apreendida na história, em rodovias federais que cortam Goiás. “Causamos um prejuízo considerável à quadrilha. E tiramos essas drogas das ruas, isso é o mais importante”, afirmou.

Major Ygor Morais, policial que descobriu o fundo falso da carreta, informou que, a princípio, o motorista não demonstrou nervosismo. “Ele não ofereceu resistência. Estava tranquilo”, comentou.

Agora, o governador espera que a Justiça permita que o veículo seja destinado à Polícia Militar para uso operacional. “Pediremos a um juiz que autorize imediatamente que toda essa estrutura seja transferida para a PM, para que possa servir à população”, destacou Caiado.

 

Secretaria de Comunicação – Governo de Goiás