O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM) se reuniu nesta segunda-feira, 20, com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM), para discutir a reforma tributária. A proposta do Ministério da Economia foi finalizada na última semana e inclui uma tributação sobre pagamentos realizados pela internet.

A entrega da proposta será realizada nesta terça-feira, 21, pelo ministro Paulo Guedes a Maia, que considera que vem “em boa hora”. O presidente da Câmara ainda ponderou que é preciso investir em uma proposta com mais chances de voto e mais ampla possível. A tributação sobre os pagamentos online não foi tão bem recebidas de início e, inclusive, é considerada uma nova CPMF.

Para Maia, que se diz otimista em relação à pauta da reforma tributária, não há espaço para mais um encargo tributário no país. “Se o governo quiser mandar a CPMF, que encaminhe. Vai ser uma derrota desnecessária”, avaliou.

A reunião com Guedes irá ocorrer às 14h30. “Nós vamos retomar o debate em conjunto, Câmara e Senado, que é o melhor caminho para que a gente tenha uma reforma tributária aprovada no Brasil ainda neste ano, pelo menos em uma das Casas”, afirmou Maia.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui