As contas de fornecimento de água e recolhimento de esgoto ficam 5,79% mais caras a partir desta terça-feira (16), em Goiás. A mudança vale para todos os consumidores, com exceção das 23 mil famílias que fazem parte do programa Tarifa Social, que não vão precisar pagar esse aumento, segundo a Companhia de Saneamento de Goiás (Saneago).

Conforme a empresa, esse aumento acontece todos os anos para ajustar as contas da companhia. De acordo com a Saneago, 47% das despesas são só com os custos de energia elétrica, por isso precisa cobrar esse aumento.

As contas do reajuste foram aprovadas no último dia 31 de junho pela Agência Goiana de Regulação (AGR).

Ainda assim, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que foi a inflação usada como referência para os reajustes salariais e dos benefícios previdenciários em 2018, foi de 3,43%. Menos 2% do reajuste da conta de água.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui