Por volta das 16 horas desta quarta-feira (15), quando o GPT (Grupo de Patrulhamento Tático) da Polícia Militar (PM) foi chamado à região do Manoel Gomes, no município de Quirinópolis, saída para Caçu. A informação era de que um avião havia feito um pouso suspeito em uma pista de terra, usada por aviões agrícolas.

Chegando ao local, os militares depararam com um bimotor e com três pessoas. Elas informaram aos policiais que o avião de propriedade de uma empresa que atua na comercialização de ouro, saiu de Alta Floresta-MT com destino à Sorocaba-SP, onde levou uma carga de ouro. No retorno ao estado de Mato Grosso, o piloto reabasteceria a aeronave em Rio Verde-GO, mas, no espaço aéreo de Quirinópolis, uma das pás da hélice da aeronave quebrou. Como o avião estava a uma boa altitude, o piloto conseguiu planar. Ele avistou a GO-206 e decidiu que ia pousar na pista. Entretanto, percebeu que não teria tempo suficiente pra fazer a manobra necessária. Por sorte, na região havia uma pista usada pela aviação agrícola. Foi nesse local que o piloto conseguiu fazer o pouso de emergência, próximo à “chácara do Pavãozinho”.


Além do piloto que conduzia a aeronave, havia outro piloto que estava em seu primeiro dia de trabalho e um vendedor da empresa, à qual pertence o avião. Eles não se feriram.


Após ser verificada a situação informada pelos ocupantes da aeronave, os policiais militares prestaram o apoio necessário. O bimotor deverá passar por manutenção na quinta-feira (16), pra que possa levantar voo de volta para o Mato Grosso.


FONTE: Nossa TV