Imagem da joaninha encontrada dentro do intestino (Foto: Reprodução/American College of Gastroenterology)

Uma joaninha foi descoberta vivendo no intestino de um homem durante um exame de colonoscopia. O caso inusitado foi publicado por médicos do Colégio Americano de Gastroenterologia em um artigo no Case Reports Journal.

O paciente, de 59 anos, teve sua identidade preservada, mas imagens do inseto foram reveladas na publicação recente. Ele não estava se queixando de dores e afirmou ter marcado o exame como um procedimento de rotina, se surpreendendo quando foi avisado do “invasor” vivendo em seu organismo.

A colonoscopia usa a imagem para averiguar a situação do intestino grosso. No caso do paciente norte-americano, a joaninha “estrelou” o resultado, hospedada no cólon transverso do paciente.

“O exame de colonoscopia estava normal. Sua preparação para a colonoscopia pode ter ajudado o inseto a escapar das enzimas digestivas do estômago e da parte superior do intestino delgado”, explicaram os pesquisadores.

A joaninha foi identificada como sendo da espécie Harmonia axyridis, descrita pelos especialistas com “cores laranja-avermelhadas” que “são particularmente marcantes”. Segundo os estudiosos, “a ingestão de insetos raramente é relatada, mas pode ocorrer até mesmo durante o sono”.

A principal teoria é que a joaninha tenha entrado na boca do homem enquanto ele dormia e tenha sido levada ao intestino. Uma substância viscosa presente no órgão pode ter auxiliado na sobrevivência do inseto. A joaninha foi retirada e o homem passa bem.