O secretário de Segurança Pública do estado de Goiás, Rodney Miranda, afirmou, nesta quinta-feira (17), durante coletiva de imprensa sobre o caso Lázaro Barbosa, que o Estado está aguardando reforço da Força Nacional. A procura pelo foragido, que é suspeito de ter cometido, entre outros diversos crimes, uma chacina na cidade de Ceilândia, está completando o seu nono dia.

“Recebemos de ontem para hoje duas informações e estamos delimitando a área. Duas pessoas avistaram ele e as informações são muito boas. A Polícia Federal está aqui desde ontem à noite. O ministro Anderson Torres me ligou oferecendo 20 policiais da Força Nacional, que estão chegando pra ajudar”, informou Rodney.

A força-tarefa com mais de 200 policiais ocupa uma área dentro do perímetro de 10km delimitado pela polícia, que abrange Cocalzinho de Goiás e os distritos de Edilândia e Girassol. Estão trabalhando policiais militares, civis, bombeiros militares e peritos dos estados e do Distrito Federal. “Estamos chegando cada dia mais perto e vamos persistir”, assegurou o Secretário.

(Com informações do Jornal Opção)