O Centro de Operações de Emergência (COE) se reúne nesta quarta-feira, 22, para tratar sobre a possível data para retorno das aulas presenciais em Goiás.

De acordo com o secretário de Saúde Ismael Alexandrino, o COE descarta a possibilidade de retorno e a reunião de logo mais se dará em torno da possibilidade de volta às aulas em setembro.

Professores, pais de alunos e autoridades se dividem sobre a segurança de uma retomada já no próximo mês. No entanto, a decisão da Secretaria de Saúde levará em conta critérios técnicos e o posicionamento do COE.

Para o Conselho Estadual de Educação (CEE), a cadeia de profissionais está pronta para retomada da maneira mais segura possível. O conselho já aprovou um protocolo que prevê a retomada — de maneira escalonada — na primeira semana de agosto. No entanto, a retomada em agosto deve ser descartada no encontro desta tarde.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui