O Facebook declarou, nesta quarta-feira (26), que os perfis que compartilharem frequentemente informações falsas serão penalizados e terão o alcance reduzido em todas as suas postagens. A plataforma não forneceu detalhes sobre quando essa medida entrará em vigor, nem sobre a partir de quantos conteúdos falsos a penalidade será aplicada.

As publicações consideradas ‘fakes’ já são penalizadas pelo algoritmo da rede social.  A novidade é que, o perfil que compartilhar esse tipo de conteúdo várias vezes, agora, terá todas as suas publicações restritas. Ou seja, esse usuário irá aparecer menos para os amigos no feed de notícias.

O conteúdo considerado falso é aquele que já foi checado por um de seus parceiros após denúncias dos usuários. No Brasil, a rede social teve essa iniciativa de avaliar os posts em 2018.

O Facebook informou que reformulou a notificação que avisa o usuário quando ele compartilha um post que já foi considerado falso pelos parceiros. Esse aviso vai incluir o link que detalha a checagem de fatos e explicar as punições para quem distribui alegações falsas.

As fake news que forem compartilhadas com frequência pelas páginas também serão punidas com a exibição de um aviso para os usuários quando eles forem curtir uma dessas páginas.

Apesar dessas medidas de combate as informações falsas, de outro lado, os conteúdos publicados por políticos não são submetidos à checagem de fatos, uma vez que, segundo o Facebook, as publicações são consideradas “discurso político”.

 

Com informações do G1