Parece inacreditável que em tempos de medo por um inimigo desconhecido que já matou mais de 34 mil pessoas no mundo, ainda há aqueles que preferem disseminar mentiras e incitar o caos.

Na manhã desta segunda-feira, 30, circula nos grupos de whatsapp um áudio dizendo que o governador Ronaldo Caiado (DEM) teria sido agredido por populares que querem o fim da quarentena e a reabertura do comércio.

“Isso é pra quem não tá querendo deixar o povo trabalhar. Olha o que o cara fez com o Caiado lá em Goiânia… o governador entrou na ‘taca’. O cara lá limpando os braços e a botina na cara dele aí”, diz o áudio.

A imagem que seria do governador Caiado sendo agredido por moradores leva uma assinatura no canto direito do fotógrafo Gustavo Vara. A reportagem entrou em contato com o autor da imagem e esclarecemos a mentira.

O fotógrafo disse que na verdade as imagens foram feitas em 2013 no Rio Grande do Sul. O registro aconteceu enquanto Gustavo fazia um ensaio e presenciou uma briga de rua, sete anos atrás.

Apesar de especialistas reforçarem a todo momento a importância do isolamento social na contenção da propagação do coronavírus, uma minoria amparada pelo discurso do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) se vale de fake news para forçar o fim da quarentena colocando a saúde de todos em risco.

FONTE: jornal Opção

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui