O Núcleo de Custódia, unidade que compõe o Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, será utilizado como unidade exclusiva para receber possíveis casos de custodiados com coronavírus. A medida foi tomada como forma de controle e prevenção do risco da propagação da doença entre a população carcerária do Estado, conforme determinam os protocolos da Organização Mundial de Saúde, Ministério da Saúde e Secretária Estadual de Saúde.

A decisão consta no Decreto do Governo de Goiás nº9.633, publicado ontem no Diário Oficial do Estado de Goiás, de caráter emergencial, que dispõe sobre a declaração de situação de emergência na saúde pública do Estado de Goiás, em razão da disseminação do novo coronavírus (2019-nCoV).

O Núcleo de Custódia é um estabelecimento penal, com arquitetura planejada, inicialmente, para ser um hospital de custódia de presos, tendo assim uma estrutura que favorece às medidas por ora determinadas quanto à nova ocupação da unidade. São 83 custodiados que estavam alojados no local e que estão sendo transferidos neste sábado, com escoltas de agentes prisionais do Grupo de Operações Especiais (GOPE) e do Grupo Tático de Ação e Escoltas Penitenciárias (GIT), da DGAP, numa operação estrategicamente planejada pela Secretaria de Segurança do Estado.

No local, os possíveis casos da doença, receberão a assistência necessária, conforme os protocolos de Saúde voltados tanto para o preso, quanto para o servidor penitenciário.

Nesse sentido, o Núcleo de Custódia, passará por uma limpeza geral e profilaxia protocolar, sendo preparado em caráter de urgência para a ocupação dos casos de Coronavírus que aparecerem no entre a população carcerária. Ações com foco nos servidores do sistema penitenciário também estão em desenvolvimento.

A Transferência dos custodiado do Núcleo de Custódia e para quais unidades prisionais serão transferidos ocorre, conforme determina o Procedimento Operacional Padrão (POP) do sistema penitenciário goiano, sob controle sigiloso da segurança penitenciária para a proteção da segurança das escoltas a serem realizadas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui