Um homem de 46 anos morreu na quinta-feira (13) após ser esmagado por uma pedra de aproximadamente 20 toneladas que se desprendeu do teto de uma mina em Campos Verdes, no norte de Goiás. Segundo a polícia, ele trabalhava na limpeza do local, que estava sendo reativado, quando o acidente aconteceu.

Valdeci Machado Alves estava com outros três colegas dentro da mina de esmeraldas que está em processo de reativação. O delegado responsável pelo caso, Nelinho José de Almeida, disse que os trabalhadores não usavam nenhum tipo de explosivo no momento do acidente.

O G1 tentou contato por meio de ligações e enviou um pedido de posicionamento, por e-mail, às 11h, com a mineradora G44, responsável pela mina, mas não obteve resposta até a última atualização dessa reportagem.

A Polícia Civil já começou a ouvir depoimentos de testemunhas para esclarecer mais detalhes sobre a situação.

“Ainda não sabemos o que fez com que a rocha se desprendesse e caísse sobre o trabalhador. Os outros colegas conseguiram escapar sem se ferir. Pedimos um exame pericial e vamos apurar se há alguma responsabilidade criminal, como alguma omissão ou imprudência”, disse.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui