Um idosa, de aproximadamente 63 anos, foi estuprada dentro de casa na manhã desta terça-feira (3/3), em Trindade, na Região Metropolitana da capital.
De acordo com a Polícia Civil do Estado de Goiás (PCGO), a idosa é moradora de Mossâmedes, a cerca de 151 quilômetros de Goiânia, e ficava na casa que tem em Trindade para fazer consultas médicas.
Nesta terça-feira (3/3) , um homem teria pulado o muro para ter acesso à residência da vítima e a estuprado. Após cometer o crime, ele fugiu do local e ainda não foi capturado. As equipes da Polícia Civil realizam diligências para prendê-lo. O caso segue sendo investigado pela Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) de Trindade.

Como a idosa foi deixada inconsciente e estuprada dentro de casa, em Trindade

Conforme as investigações, o criminoso estava escondido debaixo de um colchão em uma casa no fundo do lote da idosa. Quando foi visto pelos moradores, ele correu e pulou o muro, tendo acesso à casa da vítima.

A idosa então ouviu um barulho e no momento que abriu o portão foi deixada inconsciente com o cheiro de uma substância química. O abusador então a levou para um quarto onde cometeu o estupro.
Depois que a vítima acordou, o suspeito ordenou que ela limpasse o local para não deixar vestígios e fugiu do local carregando o colchão onde o crime aconteceu.
Ao descrever o autor para a Polícia Civil, a mulher disse que ele é alto, mas não soube caracterizar o rosto, pois ele estava encapuzado. Diante dos fatos, a idosa foi levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Trindade e depois para o Hospital Materno Infantil, em Goiânia.
Após a realização de exames, os laudos médicos confirmaram o estupro. De acordo com a Delegada Renata, o homem ainda não foi capturado, mas as equipes seguem em diligências.

Fonte: Dia Online