O governador do estado de Nova York, Andrew Cuomo, nos Estados Unidos (EUA), anunciou que a partir desta terça-feira (6), qualquer morador que possuir mais de 16 anos de idade poderá ser vacinado contra a Covid-19. A fase mais recente no local são os maiores de 30 anos, que estão sendo imunizados desde a última terça (30).

De acordo com dados atualizados no último domingo (4), o estado já administrou mais de 10,3 milhões de vacinas, o que significa que aproximadamente 33% da população já recebeu, ao menos, a primeira dose, enquanto 20,4% dos moradores já estão com a imunização completa.

“Estamos dando um passo monumental na briga para vencer a COVID-19. Nova York vai fazer com que a vacina seja acessível para toda a comunidade, garantindo equidade, particularmente para as comunidades de cor, que muitas vezes são deixadas para trás”, afirmou Andrew Cuomo.

Mesmo com a vacinação mais célere, o governador realizou um alerta para que a população continue seguindo os protocolos de prevenção à Covid-19. “Podemos ver uma luz no fim do túnel, mas até chegarmos lá, é importante que todo e cada nova-iorquino use máscara, respeite o distanciamento social e siga as normas de segurança”, enfatizou.

Em todo os EUA, a meta inicial do presidente Joe Biden é aplicar 100 milhões de doses em 100 dias, o que foi cumprido, e com isso, a estimativa foi dobrada para 200 milhões até o fim deste mês de abril. A finalidade é que 90% dos adultos americanos estejam elegíveis a receber a vacina até o fim da primeira quinzena do mês. No país, 22 dos 50 estados já disponibilizaram a imunização para pessoas acima de 16 anos, e até o momento, 165 milhões de doses foram aplicadas no território americano.

(Com informações do Jornal Opção)