Lázaro Barbosa conseguiu escapar de mais um confronto com a polícia, na tarde desta quinta-feira, 17. Uma intensa troca de tiros foi confirmada por agentes de segurança que estão na região. O homem que é caçado por nove dias consecutivos ainda não foi pego e se segue escondido em matas e grotas da região do povoado de Girassol, na cidade de Cocalzinho.

A força-tarefa que busca por Lázaro, conta com mais de 200 policiais. O homem é suspeito de cometer uma chacina em Ceilândia. Durante essa fuga ele já trocou tiros com a polícia por duas vezes, inclusive ferindo um policial no rosto. Também houve um confronto com um caseiro de uma chácara da região. Dezenas de policiais civis e militares, viaturas e três helicópteros estão mobilizados na operação. Não há informações sobre feridos.

Vinte homens da Força Nacional de Segurança serão encaminhados para o Entorno do DF, onde mais de 200 policiais estão focados nas buscas por Lázaro. O ministro da Justiça, Anderson Torres, ligou para o secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda, e ofereceu a ajuda federal.