O prefeito licenciado de GoiâniaMaguito Vilela (MDB) morreu devido a complicações da Covid-19 após perder duas irmãs para a doença. Ele ficou internado por quase três meses, mas não resistiu. Já as duas familiares morreram em agosto de 2020, com menos de dez dia de diferença.

Maguito morreu nesta quarta-feira (13). No dia 19 de agosto, Nelma Vilela Veloso, de 76 anos, morreu com coronavírus. Ela tinha diabetes e problemas pulmonares, comorbidades que agravaram o quadro. Já no dia 28, a irmã mais velha, Nelita Vilela, de 82 anos, também faleceu. Ela ficou internada por mais de duas semanas em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital das Clínicas de Jataí.

Nelma e Nelita Vilela, irmãs de Maguito, morreram vítimas da Covid-19 — Foto: Reprodução/Arquivo pessoal

Histórico de internação

Maguito testou positivo para o coronavírus em 20 de outubro de 2020. Dois dias depois, foi internado em um hospital de Goiânia.

Uma semana depois, em 27 de outubro, ele recebeu diagnóstico de até 75% de inflamação nos pulmões e foi transferido para o Hospital Albert Einstein de São Paulo para continuar o tratamento.

Três dias após dar entrada no Albert Einstein, Maguito foi entubado pela primeira vez após piora no quadro respiratório. Em 8 de novembro, ele apresentou melhora e voltou a respirar sem o equipamento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui