Aos 62 anos, o conselheiro trabalhava no Tribunal de Contas dos Municípios desde 2013 — há oito anos

O conselheiro Nilo Resende pediu para se aposentar do cargo. Havia pressão para que ele tomasse essa atitude e abrisse vaga para indicação de novo membro por parte da Assembleia Legislativa de Goiás, o nome cotado para ocupar o posto de Nilo é do deputado estadual Humberto Aidar (MDB), presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Casa.

O ex-deputado estadual Nilo Resende Neto foi empossado no cargo de conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios em abril de 2013. Ele ocupou a vaga deixada com a aposentadoria voluntária de Jossivani de Oliveira, que esteve durante 16 anos no TCM. Nilo completa 62 anos de idade neste domingo. Ele está apto a se aposentar, mas resistia. A aposentadoria compulsória é válida quando o conselheiro completa 75 anos.

Vale citar, estão cotados para substituir o conselheiro o secretário de Governo, Ernesto Roller, e o deputado estadual Humberto Aidar (MDB). A indicação oficial parte da Assembleia Legislativa, onde tramita a PEC, e, depois ocorre a sabatina, que aprova ou não o novo ocupante do cargo.

O TCM é responsável pela fiscalização dos 246 municípios goianos (Prefeituras e Câmaras Municipais), empresas públicas, fundações, autarquias, institutos de previdência, Fundos Municipais de Saúde; Fundos municipais de assistência social, dos direitos da criança e do adolescente, de habitação de interesse social, de educação e de manutenção e desenvolvimento da educação básica.

FONTE: Jornal do Sudoeste