A Polícia Militar do Estado de Goiás (PMGO), por meio de equipes da Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam) prendeu na manhã desta terça-feira (20/8), cerca de duas toneladas de maconha, em Itajá, cidade localizada a 412 quilômetros de Goiânia.

De acordo com informações do Tenente Vorigues, que comandou a operação, a equipe da Rotam iniciou a ação após a corporação receber uma denúncia que dizia que uma grande carga de droga seria entregue na Capital, em, uma caminhonete roubada.

Com estas informações em mãos, a corporação iniciou bloqueios na região das cidades de Itajá, Aporé e Calcilândia.

Operação

Ainda de acordo com o Tenente, foram cerca de 36h de operação para que acontecesse a apreensão da droga. Todas as equipes envolvidas ficaram de prontidão e abordaram os carros suspeitos que passaram pela GO-070 nesse período.

Os policias intensificaram as abordagens em veículos modelo S-10, de cor preta, que foi apontada na denúncia como o veículo que levaria o entorpecente.

A operação teve início na manhã deste domingo (19/8), mas somente no final da manhã de hoje (20) a corporação conseguiu interceptar uma caminhonete S-10, com registro de roubo e lotada de entorpecente.

Na abordagem a corporação localizou a droga e verificou que o veículo, além do registro de roubo, estava com os sinais identificadores adulterados.

O condutor já possui passagens na polícia por associação ao tráfico e tráfico de drogas. Desta vez ele deve responder também por receptação, tráfico de drogas e adulteração de sinais de identificação de veículo. O homem foi levado para a delegacia de Itajá.

Além da apreensão das duas toneladas de maconha, em outro caso, polícia apreendeu grande carga de droga, em Chapadão do Céu

O Comando de Operação de Divisas (COD) apreendeu, em março deste ano, uma tonelada de maconha , em Chapadão do Céu, divisa de Goiás com o Mato Grosso do Sul. Além da droga, três pessoas envolvidas no transporte da carga, foram presas.

A ação aconteceu após uma abordagem da polícia a dois veículos na BR-060. De acordo com a corporação, os entorpecentes apreendidos foram adquiridos no Paraguai e seriam distribuídos no feriado de Carnaval em Goiás e no Distrito Federal.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP) entre janeiro e julho deste ano, já foram apreendidas 42,6 toneladas de drogas no Estado. O número representa um avanço de 121,69% na comparação com igual período de 2018.