Porteirão, no sul do estado, é o município goiano que tem a maior incidência de casos de Covid-19, quando se comparado à quantidade de habitantes. De cada 10 moradores, quatro já foram contaminados pela doença. A cidade também tem a média de mortes por coronavírus maior que a média nacional.

O município, que tem 3.931 moradores, conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), havia registrado 1.662 casos da doença até segunda-feira (7), de acordo com a Secretaria Estadual da Saúde. Ou seja, 42% da população já teve coronavírus.

O secretário de saúde, Wisley Fernandes Soares, disse que o município recebe muita gente de fora por causa das usinas e que essas pessoas podem acabar levando o vírus para a cidade.

Em nota, a cidade informou que deve publicar novo decreto com regras mais rígidas para tentar conter a disseminação do vírus nos próximos dias.

A incidência é calculada levando em consideração 100 mil habitantes. Neste quesito, os casos de mortes na cidade ultrapassam a média nacional.

Até segunda-feira, o município havia registrado 14 mortes, segundo a SES, obtendo uma incidência de 366 por 100 mil habitantes, enquanto a média do Brasil era de 225, segundo dados do Ministério da Saúde.

Apesar dos números, na segunda-feira não havia nenhum paciente internado em tratamento da doença no município. A Secretaria de Saúde de Porteirão informou que já aplicou a primeira dose da vacina contra a Covid-19 em 800 moradores, mas que nem 10% da população tinha sido imunizadas com a 2ª aplicação.

Atualmente, a cidade imuniza pessoas fora dos grupos prioritários a partir de 57 anos e funcionários da educação.

Uso da máscara

A cidade mantém um decreto que proíbe aglomerações e que obriga o uso de máscaras mediante aplicação de multa que pode chegar a R$ 300. No entanto, a TV Anhanguera flagrou vários moradores andando pelas ruas de Porteirão sem a proteção ou usando de forma inadequada.

Apesar disso, a Secretaria de Saúde informou que até segunda-feira ninguém havia sido multado por não usar a máscara. O decreto é de 27 de maio de 2020.

Mulheres andam sem máscaras por rua de Porteirão, em Goiás — Foto: Reprodução\TV Anhanguera

Mulheres andam sem máscaras por rua de Porteirão, em Goiás — Foto: Reprodução\TV Anhanguera

FONTE: G1