A Prefeitura de Cachoeira Alta decretou na quinta-feira (3) lockdown por dois finais de semana para tentar conter o avanço do coronavírus na cidade, que fica no sudoeste do estado. Durante o período estão proibido a circulação de pessoas e abertura do comércio.

O lockdown será nos dois próximos finais de semana, 6 e 7 e 13 e 14 de junho. No decreto, o prefeito Kelson Souza Vilarinho destaque que, além da proibição de circulação de pessoas na cidade durante o período citado, “também fica proibido com o mesmo caráter supracitado todo o comércio em geral; exceto postos de combustíveis e farmácias”.

“Reunimos com o comércio para discutir algumas medidas para restringir e eles mesmo nos pediram para fazer o lockdown. É uma novidade, mas é de extrema necessidade a comunidade ver o grande problema que estamos passando”, disse o prefeito.

O decreto aponta que a medida foi tomada devido ao aumento dos últimos dias da disseminação do coronavírus na cidade. Segundo a prefeitura, são seis casos confirmados e outros dez suspeitos.

Além dos dois setores liberado, foi dada uma autorização especial a um frigorífico da cidade para manter atividades de caráter essencial e manutenção.

O decreto estabelece outras normas que devem ser adotadas no período fora do lockdown, como uso obrigatório de máscara no locais públicos e privados, a permissão de apenas uma pessoa de cada família para fazer compras em supermercados e feiras, além de limite de dez pessoas em caso de reuniões familiares, que seguem sendo desaconselhadas pela prefeitura.

“As desobediências constantes desde decreto, acima declinadas, acarretará punição com multa, fechamento do comércio até final da situação de emergência; não se abstendo ainda de responder por possíveis sanções penais pelo ilícito praticado”, diz o decreto.

FONTE: G1