Suspeitos de fabricação e venda de medicamentos para emagrecimento foram presos na segunda-feira (13), no município de Brazabrantes, a cerca de 40 quilômetros de Goiânia. Com eles, foram apreendidos mais de R$ 27 mil provenientes das vendas ilegais.

A Polícia Militar chegou até os autores após receber denúncias da fabricação e venda ilícitas. Os falsos medicamentos eram produzidos à base de inibidores de apetite, como sibutramina, sem autorização ou registro junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Com os detidos, os policiais encontraram milhares de cápsulas do medicamento ilegal. Além de instrumentos utilizados na fabricação. Os suspeitos também registravam toda a movimentação financeira em cadernos de contabilidade.

De acordo com a corporação, os produtos falsos eram encapsulados e envasados em locais inapropriados, medicamentos que depois eram rotulados como fitoterápicos, supostamente compostos de raízes e ervas medicinais.

Segundo apuração feita no local, as vendas eram realizadas por meio de grupos de aplicativos de mensagens, site de vendas na internet, além de venda porta a porta.

Eles foram presos pelo crime previsto no artigo 273 do Código Penal, falsificar, corromper, adulterar ou alterar produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais) e por associação criminosa.

 

FONTE: Mais Goiás