A Secretaria Estadual de Saúde de Goiás (SES-GO) recomendou, em nota técnica divulgada nesta sexta-feira (3), a prorrogação do decreto que restringe atividades comerciais, de lazer, além de eventos esportivos e religiosos por mais 15 dias.

O primeiro decreto assinado pelo governador Ronaldo Caiado tem validade até sábado (4). A SES-GO ressalta o pedido da Organização Mundial da Saúde (OMS) para que os países redobrem esforços contra a pandemia de Covid-19 e cita também a recomendação do Comitê de Operações Estratégicas (COE) do Estado de Goiás para se manter o isolamento social por mais 30 dias.

Se a recomendação for acatada pelo governador, o novo período de restrições valeria até o dia 19 de abril. Em live nas redes sociais, Caiado já explicitou a intenção de prorrogar o decreto por mais 15 dias. É possível que algumas pequenas concessões sejam feitas para retomada gradual de atividades que não gerem aglomerações. A ordem, contudo, deve continuar sendo bastante restritiva.

O novo decreto pode ser publicado a qualquer momento nesta sexta-feira. Já no início da semana, o governador dizia que o documento estava quase pronto.